Manaus: conversa sobre saúde e sexo só para mulheres

Foi um dia de trocas e aprendizado, intenso e afetivo. No primeiro sábado de novembro (5/11), o evento Prazer e bem-estar no universo feminino, exclusivo para mulheres, reuniu em Manaus muita gente disposta a conversar e esclarecer suas dúvidas sobre saúde depois dos 50 anos. Três especialistas convidados do Rio de Janeiro dedicaram todo o dia a debater experiências sobre alimentação e exercícios físicos; entender as mudanças no corpo e nas emoções provocadas pelas alterações hormonais; e tratar do tema saúde e prazer por meio de uma oficina de pompoarismo.

Fotos: Ana Lúcia Araújo /Mulheres 50+

Os palestrantes Fernanda Couto, João Paulo Costa e Monica Pimenta. Fotos: Ana Lúcia Araújo /Mulheres 50+

Promovido em parceria pela F5 Comunicação, Marketing e Eventos Corporativos e o projeto Mulheres 50+, o encontro foi realizado com o patrocínio e a parceria de empresas que apostaram na importância de um público novo: as mulheres maduras. Numa fase em que a experiência dita o comportamento diante dos desafios, surgem as dúvidas dessa geração que hoje vive mais, mas quer e pode viver melhor.

O encontro foi realizado no Classic Hall, em Ponta Negra, espaço de festas e eventos que também ofereceu um coquetel para os participantes. Apoiaram o evento a duLeit; a Moto Honda da Amazônia; a Cachaçaria do Dedé; o Hotel GO INN; a Aruanã Transportes; o hotel Amazon Ecopark Jungle Lodge; a Pissani Massas Gourmet; Duleit; a Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Álvaro Sá; a Kamabras Cama, Mesa e Banho; e a gráfica SevenGraf.

Durante a manhã, a conversa foi com o professor de educação física e personal trainer especializado em terceira idade João Paulo Costa da Silva. Ele apresentou dados sobre a expectativa de vida das brasileiras e sobre as alterações do corpo comuns no envelhecimento. A causas da perda de neurônios, ganho de peso corporal, perda de água e alterações na coluna vertebral foram alguns dos temas abordados.  João Paulo descreveu detalhes de um programa de treinamento físico adequado para a faixa etária e terminou fazendo exercícios com as mulheres.

Logo depois do almoço, foi a vez da médica ginecologista Fernanda Couto. A palestra inicial foi guiada pela explicação sobre as fases de desenvolvimento do ser humano, sobre os ciclos da vida que se completam de sete em sete anos. As mudanças físicas e emocionais que acontecem nessa jornada foram tema do debate com as mulheres presentes, estimuladas a pensar sobre suas biografias e os rumos tomados em cada fase. Fernanda Couto falou sob o ponto de vista da Antroposofia – palavra grega que significa o conhecimento do ser humano, desenvolvida pelo austríaco Rudolf Steiner.

Na última atividade do dia, a dançarina e terapeuta corporal Monica Pimenta convidou as mulheres a participar de uma oficina sobre pompoarismo, técnica de exercícios para a musculatura pélvica feminina com uso de acessórios. Tratado de forma séria e, ao mesmo tempo, lúdica, o tema despertou a curiosidade. As participantes receberam informações sobre os benefícios da técnica, que aumenta o conhecimento do próprio corpo e contribui para prevenir doenças, como a incontinência urinária e pode aumentar o prazer sexual.

Claudia Lima

Claudia Lima

Começou a vida de repórter em 1988 no jornal “O Dia”, meses depois de formada pela UFRJ. Em 12 anos na empresa, aprendeu o ofício, ganhou experiência e prêmios de reportagens em equipe, como o Líbero Badaró 1998, com a série “Morte em nome da Lei”. Foi repórter sênior no “Jornal do Brasil” e escreveu para as revistas “Conjuntura Econômica” da FGV/RJ e da Petrobras. Desde 2002, atua na comunicação do serviço público. Primeiramente, na Secretaria de Fazenda da Prefeitura do Rio e hoje trabalha na Fiocruz. Em 2015, publicou o livro “O Inca Voluntário e suas histórias: a força da solidariedade”. Filha de pai mineiro e mãe alagoana, nasceu e vive na cidade do Rio de Janeiro, mas sempre foi mais de montanha que de praia. Não dispensa um bom papo, adora longas caminhadas e acha o bom humor fundamental para se viver.

Deixe um Comentário